quinta-feira, 12 de março de 2009

COMO EVITAR O DERRAME CEREBRAL (AVC)



Fique por dentro dos sinais que denunciam o problema e veja de que forma proceder diante de AVC .


1. Os sintomas Um dor de cabeça súbita, que aparece do nada, é um dos possíveis indícios de derrame, não importa se isquêmico, aquele causado pelo entupimento de uma artéria do cérebro, ou hemorrágico, em que há a ruptura de um vaso na massa cinzenta.

2. Outros sinais de alerta Alterações motoras ou sensoriais em apenas um lado do corpo podem denunciar um derrame. O indivíduo começa a sentir, de uma hora para outra, uma dormência em um dos braços, por exemplo.


3. Por que a boca entorta Um acidente vascular cerebral pode se manifestar por meio de contrações involuntárias seguidas da paralisia de um músculo da face. É por isso que muitas pessoas ficam com a boca torta.


4. Visão dupla Um derrame é capaz causar alterações visuais. O indivíduo passa, por exemplo, a enxergar um objeto duplicado. Sensações de vertigem também avisam que algo está errado no cérebro.


5. Fala prejudicada Outro sintoma de um derrame é a dificuldade para articular as palavras. Isso acontece porque a lesão cerebral pode afetar a fala e, daí, a pessoa troca as letras e se enrola na hora de montar as frases.

6. Atenção aos desmaios Seja isquêmico, seja hemorrágico, um acidente vascular cerebral pode ser tão impactante a ponto de a vítima desmaiar. Como qualquer desmaio merece atenção médica, não se deve esperar para procurar um hospital.

7. Corrida contra o tempo Tempo é tudo para preservar o cérebro do ataque provocado por um derrame. Assim, ganhar reles minutos diminui o risco de graves sequelas. A primeira providência nesse caso é correr e ligar para o número da emergência médica (192).

8. O socorro à vítima Caso esteja em um local afastado e não der tempo para aguardar uma ambulância, leve, no seu carro, a vítima de AVC imediatamente a um hospital, de preferência com serviço de assistência neurológica. Procure deixá-la sentada ou deitada no banco de trás, da maneira mais confortável possível.

9. Nunca ofereça remédios à vítima de um AVC Se há suspeitas de que o indivíduo esteja sofrendo um derrame, jamais ofereça qualquer medicamento a ele. Remédios podem, inclusive, piorar a dimensão do acidente vascular cerebral.

********************************************************************************
Bebida em excesso, sedentarismo, pouco ou nenhum consumo de frutas e vegetais, tabagismo. Todos esses fatores combinados são um prato cheio para o derrame. Já era do senso comum que uma vida pouco regrada está sujeita a ser relativamente curta, em comparação com os adeptos de hábitos saudáveis. Pela primeira vez, os cientistas quantificaram os riscos de acidente vascular cerebral (AVC) — a doença atinge cerca de 168 mil brasileiros a cada ano; 30 mil acabam morrendo


Fonte:
http://saude.abril.uol.com.br/edicoes/0308/medicina/derrame-como-reagir/pag-02.shtml

Um comentário:

FFFabio disse...

se DEjesar que ele suma( cancer)...
ele some...

se pensar nele ,,ele permanece

(digo por mim) mesmo sendo um estupido fumante)..
fazer oque meu defeito humano...

mas ele nao Vai me derrubar...

VIKINS NAO SE DEIXAVAM DERRUBAR PELO RUN , MAIS SABIAM OLHAR E RESPEITAR AS ESTELAS..



NUNCA DESITA...E CAMINHE DO LADO dom BEM...

(SE QUISER APAGAR APAGA RS)


PAZ ADONAI..